Dia Mundial da Lavagem das Mãos

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Imagem auxiliar da notícia

15 de outubro de 2015 marca o 8º ano de comemoração do Dia Mundial da Lavagem das Mãos. O objetivo desta campanha anual é aumentar a consciência e compreensão sobre a lavagem das mãos com sabão como uma forma eficaz e acessível para prevenir doenças em todo o mundo.

A data surgiu como meio de combater a mortalidade infantil. Cerca de 1,8 milhões de crianças <5 anos morrem anualmente de doenças diarreicas e pneumonia, sendo estas as duas principais causas de morte entre as crianças em todo o mundo (1). Lavagem das mãos com sabão pode reduzir a incidência de diarreia entre este grupo etário em cerca de 30% (2) e infecções respiratórias em cerca de 20% (3).

Embora as pessoas ao redor do mundo lavem as mãos com água, poucas usam sabão para lavar as mãos, por estar menos acessível nos países em desenvolvimento. Mesmo quando o sabão está disponível, ele é direcionado principalmente para a lavanderia e para banho ao invés da lavagem das mãos. Lavar as mãos com sabão é muito mais eficaz para remover as bactérias. (4)

Informações adicionais sobre o Dia Mundial da Lavagem das Mãos e lavagem das mãos em geral, está disponível no CDC em http://www.cdc.gov/handwashing.

 

Referências

1. Liu L, Johnson HL, Cousens S, et al. Child Health Epidemiology Reference Group of WHO and UNICEF. Global, regional, and national causes of child mortality: an updated systematic analysis for 2010 with time trends since 2000. Lancet 2012;379:2151–61.

2. Ejemot-Nwadiaro RI, Ehiri JE, Arikpo D, Meremikwu MM, Critchley JA. Hand washing promotion for preventing diarrhoea. Cochrane Database Syst Rev 2015;9:CD004265[Epub ahead of print].

3. Aiello AE, Coulborn RM, Perez V, Larson EL. Effect of hand hygiene on infectious disease risk in the community setting: a meta-analysis. Am J Public Health 2008;98:1372–81.

4. Burton M, Cobb E, Donachie P, Judah G, Curtis V, Schmidt WP. The effect of handwashing with water or soap on bacterial contamination of hands. Int J Environ Res Public Health 2011;8:97–104.



« voltar para a lista de notícias